Páginas

sexta-feira, 26 de maio de 2017

A ROUBALHEIRA, O FUNDO DO POÇO E O QUE A ESPIRITUALIDADE RESERVA PARA O BRASIL.

A Roubalheira, o Fundo do Poço e o que a Espiritualidade Reserva para o Brasil

As pessoas estão mergulhadas na desesperança, no ódio quanto ao cenário político brasileiro. Mas elas não estão enxergando o quanto esse estado ao qual o Brasil chegou é benéfico. O que está aparecendo nas mídias, as polêmicas etc, é apenas um copo que está transbordando de tão cheio. Na verdade é o que sempre existiu no nosso país, mas a diferença é que essas coisas estão vindo à tona. E isso é ótimo!
O grande problema é que a nossa economia sofre, o povo sofre e o país sofre junto. Parece que estamos chegando ao fundo do poço. Mas ultimamente eu devo ter assistido um filme infantil que falava exatamente sobre as situações de “fundo do poço”, fazendo com que olhássemos por uma perspectiva positiva. A citação que o filme deixava era:
- O bom de chegar ao fundo do poço é que só há um jeito de sair: para cima!
Do fundo do poço não tem como descer mais, agora só dá pra subir novamente, recomeçar! E para o Brasil recomeçar temos que remover tudo que há de velho. E o ato de remover o lixo é uma forma de promover uma mudança que por mais das vezes traz um preço salgado, porém momentâneo. Daí temos a nossa condição econômica e social que sofrem tanto.
Mas é assim mesmo!
Vamos fazer uma comparação entre o Brasil e a saúde do corpo! Você já ouviu falar no “Efeito Detox”?
Detox é um termo muito usado atualmente pelas pessoas do ramo da saúde e do movimento “fitness”, que faz alusão à desintoxicação do fígado ou do corpo, numa perspectiva mais geral. Para realizar o Detox, teríamos que ingerir alimentos que favorecem essa limpeza, além de que deve-se trocar cada vez mais alimentos industrializados por alimentos naturais. Pois bem, o chamado Efeito Detox é como se fosse uma abstinência que o corpo passa ao sentir a falta dos alimentos nocivos à saúde, pois o corpo estava viciado no consumo. Além disso, esse Efeito Detox pode ser causado pela expulsão dos elementos nocivos após a ingestão de alimentos específicos para fazer o Detox. Esses desconfortos podem durar alguns dias, mas logo desaparecem se persistir na dieta detox.
Pois é! Dizemos que o efeito detox é um mal necessário, mas momentâneo. Após isso, o corpo poderá gozar de uma saúde mais rica.
Dessa forma, o Brasil precisa, sim, passar por esse Detox ou melhor, por esse desconforto momentâneo! E o melhor momento é agora, quando seja top afiliado as coisas estão vindo à tona, quando as máscaras estão caindo!
Eu creio que a espiritualidade maior tem um futuro brilhante para o nosso tão surrado Brasil, mas como toda grande vitória vem de grandes problemas e lutas, precisamos ultrapassar isso de cabeça erguida e com fé!
No livro de Chico Xavier, intitulado de Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho, é nítido que Jesus nunca irá desamparar nosso solo, tendo em vista que somos um dos maiores divulgadores das suas verdades. Como li em outro blog na internet, que faz um levantamento do estudo dessa obra, podemos assinalar algumas coisas sobre a nossa nação, na qual Jesus cuidou muito cautelosamente:
(…) esta Terra se transformaria mais tarde na Pátria do Evangelho e como tal, faziam-se necessários todos esses cuidados, para que o seu povo, não estando às voltas com as grandes catástrofes (terremotos, vulcões, maremotos, furacões, ciclones), pudesse se dedicar mais à árvore (refere-se ao Evangelho), que para cá seria transportada. Cuidou também da formação do nosso povo.
Não viemos de um povo orgulhoso, prepotente, elitizado. Somos o resultado da união de três raças sofridas. Somos a miscigenação do branco injustiçado, muitos dos portugueses que para cá vieram, banidos do seu país, eram inocentes, não mereciam aquela punição; do negro escravizado e do índio, ser em primário estágio evolutivo. Somos o resultado da união dessas três raças e de cada uma delas temos características. Do branco injustiçado temos a inquietação diante da injustiça; do negro escravizado temos a submissão, a aceitação da dor, do sofrimento; e do índio temos a indomabilidade.
Por que tudo isso? A resposta é muito simples. Porque nada ensina mais a amar e a perdoar, do que a dor e o sofrimento. Também porque, só nascendo dessa simplicidade é que o povo brasileiro poderia ser o que é: sentimental, solidário, amigo, como nenhum outro no mundo.
Dessa forma eu costumo dizer que obviamente muita coisa ruim que acontece no nosso país é de nossa própria responsabilidade, a importância e a valorização da cidadania, do voto, dos valores de cada um; que afetam de uma forma ou de outra toda a coletividade brasileira.
Mas obviamente, também acredito que a espiritualidade sabe o que está fazendo e que as providências estão sendo tomadas para a desintoxicação das nossas terras, expurgando o veneno injetado pelos corações iludidos pelo dinheiro e poder de modo que a espiritualidade dá aquele “empurrãozinho” e nós complementamos com nossa parte.

Fonte: Estudantespírita
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário