Páginas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

ENCONTRADA NA CAMPANHA PINTURAS RUPESTRE.


 Vejam só o que o meu amigo Maurílio Villamarim descobriu aqui no município da Campanha.
Isto é incrível. Precisa ser levado ao conhecimento de estudiosos e pesquisadores. 
 
PINTURA RUPESTRE - CAMPANHA-MG - 29/12/2016 - 12:29h - Maurílio Villamarim. - Projeto Pedra Inclinada - Abertada da Pegada - Mão de Três Dedos.
Este animal "PEGADA", no país Celta representa os raios luminosos e o nome de
Deus.- Na India ele é sinal de Shiva, o Deus todo poderoso da Trindade Hindu. Na Sibéria ele é visto sobre as vestes dos Xamãs, para assinalar o seu caráter mágico, quase sagrado que corresponde ao feiticeiro ou aquele que cura. Esta Pintura Rupestre foi localizada no Município da Campanha/MG em 1996 por Maurílio Villamarim. LOCAL: Área Rural da porção NE. Nesta oportunidade foi constatada que a tinta usada na Pintura Rupestre era Óxido de Ferro misturado com algum tipo de Óleo Vegetal. O desenho, segundo a pesquisa pode também ter sido realizado a partir de uma Tinta Natural feita de solo - "Latossolo" vermelho "Eutrófico Ácido" (Óxido de Ferro FeO2), sangue de animais com resinas de árvores misturadas. O desenho está em uma área da rocha onde o "Lacólito" PODE SER DE MILHÕES DE ANOS ATRÁS, havendo a possibilidade de ser de antigos indígenas Guaranis que habitavam a área do Sul de Minas Gerais pré e pós Cabral. Uma outra hipótese é de que a área do Desenho Rupestre é mais antiga do que todo o lageado e o desenho pode ter sido feito por pessoas anteriores aos aborígenes citados, o que torna muito mais antigo do que a presença dos indígenas guaranis. O Projeto completo foi elaborado pelo GEACAMP (Grupo de Estudos Geográficos Campanhense), composto por Alexandre Fernandes, Fernando Nani, Itamar Borges, Jefferson Melo, Luiz Gustavo Mendes e Maurílio Villamarim, sendo que o Relatório das Observações de Campo foi concluído em 09 de Janeiro de 2006. O local não foi divulgado amplamente com o único objetivo de conservar a Pintura Rupestre.
 Maurilio Villamarim

3 comentários:

  1. Parabéns Maurílio. Só você para perceber estes detalhes. Tenho certeza que muita gente já passou por este lugar e não viu nada disto ...

    ResponderExcluir
  2. Como uma coisa tão importante não é explorada cientificamente.

    ResponderExcluir