Páginas

sexta-feira, 23 de junho de 2017

A ARTE DO TEATRO DE VOLTA À CAMPANHA.


ALUNOS DO CURSO DE PROCESSOS GERENCIAIS DA UEMG - UNIDADE DE CAMPANHA, APRESENTAM ESPETÁCULO TEATRAL
                         Tem um velho ditado que diz: "A viola é na mão do violeiro."
                         Embora já tenha passado, faço questão de registrar aqui o excelente trabalho do Professor de Artes Cênicas Klaas Kleber que para a nossa felicidade está residindo aqui em Campanha.
                         Em apenas 12 ensaios com um grupo de alunos da UEMG/CAMPANHA, ele conseguiu fazer com que aqueles alunos desempenhassem com grande desenvoltura os seus talentos artísticos.
                         Logo que eles entraram em cena, já levei um agradável choque imaginando que fossem atores de outros lugares. Qual não foi a minha surpresa, quando aos poucos comecei a reconhece-los. A expressão facial, a maneira como eles incorporaram seus personagens, foi algo que me impressionou muito.
                        Temos tudo para fazer voltar esta grande arte da representação artística, que Campanha sempre teve. E agora com um diretor talentoso como Klaas Kleber temos que aproveitar esta grande chance.
           ATUAÇÃO: Diogo Lemes, Flávio Maia, Jean Carlos, Maria Beijaflô, Rejane Cardoso, Roberto Dias, Vitória Cavalcante e Victor Cesarino.
             CORO: Ana Paula, Breno Barbosa, Carol Germano, Chaiane Silva, Daiana Borges, Gabriel Felpa, Hércoles de Lima, João Paulo, José Godói, Gabriela Ribeiro, Pamela Ramos, Patrícia Brasil, Wanda Moreira, Geusilene Débora.
                  MÚSICA: Eduardo Carvalho (Acordeon); Klaas Kleber (Violão); Rafael Carvalho, Natielli Silva e Pedro Borges (Percussão).

ESTREPOLIAS POR VINTÉNS, de caráter popular e com elementos circenses, conta as peripécias de Pedro Malazarte. O personagem, caracterizado pela sua esperteza e criatividade, é uma espécie de anti-herói dos contos tradicionais. Trata-se de um malandro, pobre e ardiloso, que vive de pequenas enganações. Na década de 60 o personagem foi protagonizado por Amácio Mazzaropi, no seu filme “As aventuras de Pedro Malasartes”.

            A DIREÇÃO do espetáculo ficou a cargo do Prof. de Artes Cênicas Klaas Kleber – ator, encenador e doutor em Estudos Culturais pela Universidade de Aveiro/Portugal.

            FIGURINOS E MAQUIAGEM: Os figurinos e maquiagem foram concebidos pelo próprio diretor. Os figurinos foram ornamentados com fitas, rendas, fuxicos e flores, ganhando a representação figurada das manifestações populares, como a congada e a folia dos santos reis, que trazem no seu bojo uma grande riqueza visual e estética. Já a maquiagem, esta ganhou um caráter circense.


              FOTOGRAFIAS: Ester Biazzi.

Um comentário: